Espaço Liberdade

Epic anuncia que Unreal Engine 4.1 suportará Linux

Escrito por |


Unreal Engine rodando no KDE

A Epic anunciou que o Unreal Engine 4.1 suportará de forma prévia o Linux. A atualização chegará esse mês.

Mike Fricker, diretor técnico da companhia, disse que muitas pessoas perguntaram sobre os esforços em suportar o Linux através do Steam.  A boa notícia é o suporte inicial a execução e empacotamento de jogos no sistema pinguim.

Além do suporte ao Steam, a Epic trabalha em parceria com a Mozilla para trazer o Unreal Engine para a web, principalmente para o Firefox e o Firefox OS. Fiquem com um vídeo demonstrativo de jogos que utilizam o motor gráfico.

Fonte: unrealengine.com

Marcadores: Linux Games

Anunciado primeiro notebook de hardware opensource do mundo

Escrito por |


Novena open hardware

Um time de desenvolvedores abriu uma campanha de financiamento coletivo para oferecer no mercado o primeiro notebook com hardware de código aberto do mundo.

O Novena é, basicamente, uma placa com processador Freescale Quad-Core ARM de 1.2Ghz e 4GB de RAM. O financiamento coletivo disponibiliza três modelos: apenas a placa (U$500,00), que vem com placa MicroSD com 4GB e placa WiFi; o modelo All-in-one-desktop (U$1.195,00), que é basicamente a placa do modelo anterior, mas com um case de alumínio que vem com um monitor LCD Full HD; o laptop (U$1.995,00) vem com tudo o que os outros tem, mas placa de controle de bateria, 240GB de SSD e bateria para o usuário instalar; o melhor (e mais caro) modelo é o Heirloom Laptop (U$5.000,00), que vem com tudo que os anteriores tem, mas com um teclado e uma estrutura feita de madeira e alumínio. E para a alegria do geral da nação, todos os modelos vem com o Debian pré-instalado.

A campanha precisa de U$250.000,00 e faltando 46 dias para terminar já conseguiu arrecadar U$46.000,00. O vídeo abaixo apresenta mais detalhes sobre o projeto e você pode ver a especificação completa de todos os modelos disponíveis no link abaixo.

Página da campanha: http://www.crowdsupply.com/kosagi/novena-open-laptop

Fonte: makezine.com

Marcadores: Tecnologia Opensource

Adblock Plus cria “Manifesto de Anúncios Aceitáveis”

Escrito por |


O Adblock Plus, em parceria com outras empresas como o Reedit e a Anti-Advertising Agency, publicou um texto que chamou de “Manifesto de Anúncios Aceitáveis”, com o objetivo de criar anúncios mais amigáveis.

O manifesto apresenta cinco definições de “anúncio aceitável”: não são irritantes, não distorcem o conteúdo da página que estamos tentando ler, deixam claro que são anúncios, são efetivos sem a necessidade de gritar com a gente e se adequam ao site em que estamos.

O assunto é bastante delicado. Recentemente muita gente tem acusado o Adblock Plus de fazer acordos com a Google para liberar anúncios no Youtube, por exemplo. Como a própria companhia deixa claro, o sucesso do manifesto depende da adoção do mesmo por parte das agências de publicidade.

Você pode ler o manifesto nesse link (em inglês).

Fonte: t.genbeta.com

Marcadores: Tecnologia Privacidade

Yahoo! anuncia melhoria na criptografia em seus serviços

Escrito por |


Os funcionários do Yahoo! andam trabalhando duro no quesito privacidade. Em anúncio feito ontem, a companhia apresentou uma série de novidades na área.

Já na última Segunda-Feira (31/03) todos os dados que trafegam entre os servidores da companhia começaram a ser criptografados e as buscas realizadas na página inicial são feitas com HTTPS habilitado. Além disso, foi anunciado o suporte a tecnologias de segurança como o TLS 1.2, Perfect Forward Secrecy e chaves RSA de 2048 bits.

Desde Janeiro o Yahoo! Mail utiliza HTTPS por padrão e em Fevereiro foi habilitada a criptografia do email entre os servidores da companhia e também entre o servidor do Yahoo! e servidores externos que tenham suporte ao padrão SMTPTLS.

O trabalho foi tão bom que ganhou elogios até da EFF.

via yahoo

Fonte: yahoo

Marcadores: Tecnologia Yahoo!

Lentes da Amazon virão desativadas por padrão no Ubuntu

Escrito por |


Parece que receber o prêmio Big Brother 2013 colocou um pouco de bom senso na cabeça do criador do Ubuntu. A partir do Unity 8, a escolha pela habilitação ou não da tão polêmica lente da Amazon ficará a cargo do usuário.

Quando o usuário fizer uma pesquisa no Dash do Unity 8, o próprio sistema oferecerá a opção de habilitar as lentes desejadas. Simples assim.

O único ponto baixo da notícia é saber que no Ubuntu 14.04, a ser lançado esse mês (dã!), tudo continuará como está.

Fonte: muylinux.com

Marcadores: Linux Ubuntu